Current track

Title

Artist


“Entre 400 e 500” trabalhadores morreram nas construções para o Mundial

Written by on 29 de Novembro, 2022

As declarações foram feitas pelo secretário-geral do Comité Supremo para Entrega e Legado do Qatar ao jornalista Piers Morgan.

“De acordo com a Associated Press, as declarações de Hassan al-Thawadi, secretário-geral do Comité Supremo para Entrega e Legado do Catar, foram feitas durante uma entrevista com o jornalista britânico Piers Morgan”, citado pela LUSA.

Na entrevista dada ao jornalista Piers Morgan, o britânico questiona Al-Thawadi: “Qual é o número honesto, totalmente realista de trabalhadores migrantes que morreram, como resultado do trabalho que estão a fazer para o Mundial de Futebol, na totalidade?”.

“A estimativa é de cerca de 400, entre 400 e 500”, respondeu Al-Thawadi.

“Não tenho o número exato. Isso é algo que tem sido discutido”, diz ainda o secretário-geral.

Na altura, o número total de mortes divulgado pelo Governo do Qatar foi de 40.


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *