Current track

Title

Artist


Marta Temido: “Há uma nova sub-linhagem da Ómicron a emergir em Portugal”

Written by on 2 de Junho, 2022

A razão do recente aumento de casos pode estar nesta variante inesperada.

O número de casos diários de Covid-19 em Portugal continua a aumentar.

Esta quarta-feira, dia 1 de junho, Marta Temido, ministra da saúde, chamou a atenção para a prevalência de uma nova sub-linhagem da Ómicron que estará a fazer-se notar no país: “Neste momento, quase 90 por cento dos casos de Covid-19 correspondem à linhagem BA.5 e Portugal será o país europeu com maior prevalência desta mutação”.

O relatório da Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) adianta que “as amostragens semanais por sequenciação têm mostrado que, após a sua primeira deteção na semana 13 (de 28 de março a 3 de abril), a linhagem BA.5 tem apresentado uma frequência relativa marcadamente crescente, sendo dominante em Portugal (frequência relativa estimada de 87 por cento ao dia 30 de maio).”

Sobre o impacto do relaxamento de medidas nos números da pandemia, a ministra aponta que “as opções que o governo português tomou estão alinhadas com a maioria dos governos”. Marta Temido garante que o que terá diferenciado a situação portuguesa é a sub-linhagem da variante Ómicron.

Baseando-se no relatório do INSA, a ministra referiu que quase 90 por cento dos casos são da sub-linhagem BA.5 e, para além disso “temos uma nova sub-linhagem a emergir e sabemos que estamos expostos a estas circunstâncias”.

A ministra revela ainda que “Portugal, em relação aos restantes países da Europa, é o país que provavelmente estará com maior prevalência desta estirpe e isso justifica em parte os números elevados que estamos a ter”.


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *