Current track

Title

Artist


José Carlos Malato criticado depois de ‘indiretas’ a programa de Goucha

Written by on 25 de Maio, 2022

O apresentador da RTP1 criticou ‘Goucha’, da TVI.

José Carlos Malato viu-se envolvido numa polémica depois de criticar o programa de Manuel Luís Goucha o ano passado.

Recentemente, em entrevista à TV7Dias, o apresentador da RTP foi questionado sobre o assunto e esclareceu que “não há polémica nenhuma”.

“Não há polémica nenhuma. Aquilo foi uma reflexão sobre um conteúdo. Se calhar não devia ter escrito, mas nem sequer é falar mal”, disse.

Malato aproveitou ainda para esclarecer que nada tem contra Manuel Luís Goucha.

“Quanto ao Goucha, gosto imenso dele. O Goucha é maravilhoso, faz entrevistas maravilhosas, mas, se eu quiser ver o Goucha, não vou ver quando ele está a fazer este tipo de entrevistas, quando ele faz outras tão boas”, acrescentou.

Apesar das palavras de Malato, este acabou por ser criticado no ‘Manhã CM’ por Adriano Silva Martins e Léo Caeiro.

“Eu acho que é o Malato que está em guerra com o Goucha ou contra si próprio que o Malato tem ali qualquer coisinha de inveja, de ciúme… Gosto do Malato, mas ele critica constantemente o trabalho do Manuel Luís, está sempre a dizer ‘que sorte eu tenho de trabalhar na RTP e não ter de fazer este tipo de entrevistas. Que bom, que sorte’”, começou por dizer Silva Martins ao introduzir o tema.

“Acho que são comentários que não se devem fazer, sendo eles colegas de profissão como são, provavelmente até se conhecem e bem, não lhe fica bem fazer esse tipo de apreciação sobre o trabalho no Manuel Luís Goucha. Está no seu direito, mas sendo duas figuras públicas de renome e se uma pessoa está tão bem onde está, não tem necessidade de ir para as redes sociais dizer ‘minha rica RTP, lá é que estou bem’. Se estás bem, deixa-te estar!”, acrescentou.

Além deste, também Léo Caeiro também deixou a sua opinião. “Acho que o Malato tem muito tempo livre para andar sempre a comentar. Se calhar deviam dar-lhe mais tempo de programas porque ele tem muito tempo”.

Por fim, Adriano Silva Martins deixou as últimas palavras: “completamente desnecessário, não lhe fica bem. O que é verdade é que ele tem muita sorte em trabalhar na RTP graças aos nossos impostos”.


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *