Current track

Title

Artist


Marta Temido irrita-se durante discussão do aborto no Parlamento

Written by on 11 de Maio, 2022

A ministra da Saúde levantou a voz a chamou deputados de “hipócritas”.

A discussão de uma penalização salarial dos médicos de família dos centros de saúde que tiverem utentes mulheres com gravidezes indesejadas ou com doenças sexualmente transmissíveis (DST’s), está a gerar controvérsia não só nas redes sociais mas também entre os partidos com acento parlamentar.

Ontem, no Parlamento, os ânimos exaltaram-se quando a proposta da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) relativa a novos critérios para avaliação das equipas nas Unidades de Saúde Familiar Modelo B (USF-B) foi discutida.

Marta Temido irritou-se e acabou por levantar a voz acusando aos deputados que não consideram o aborto um evento “profundamente penalizador” para a mulher, de serem “hipócritas“.

Visivelmente irritada, a ministra da Saúde atirou: “Pode-se concordar ou discordar. Pode-se concordar ou discordar! Quando deixamos de debater, deixamos de servir para aquilo que é a nossa função. E, portanto, estou a explicar nesta casa o que está em cima da mesa“.

Acho que todos entendem que a circunstância de fazer uma IVG para as mulheres que a fizeram, e há nesta casa (Assembleia da República), de certeza, quem a já tenha feito, é profundamente penalizadora para a saúde física e mental . E, portanto, não considerar esse aspeto é, no mínimo, hipocrisia“, disse ainda Marta Temido.

Volto a repetir: o Ministério da Saúde ainda não se pronunciou sobre este indicador, como não se pronunciou sobre os outros. Estamos a falar daquilo que é a responsabilidade de acompanhamento do planeamento familiar e estamos a falar daquilo que poderá ser uma fragilidade de um planeamento familiar que não foi feito como gostaríamos e que pôs uma mulher na situação de recorrer à IVG. É disso que estamos a falar, sejamos francos“, afirmou, pedindo de seguida desculpa pela exaltação.

Vê o vídeo com a intervenção da ministra:


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *