Current track

Title

Artist


“Russos chegaram e mataram homens abaixo dos 50 anos”

Written by on 6 de Abril, 2022

Mykolav contou que apenas está vivo devido à sua idade.

Mykolav, um homem ucraniano de 53 anos, revelou como foi estar durante cerca de um mês na cave do prédio onde vivia, em Busha, cidade atacada pelas tropas russas.

À ABC News, o homem revelou que só está vivo devido à sua idade, uma vez que os russos “mataram todos os homens abaixo dos 50 anos”.

Através de várias publicações no Twitter, o correspondente do canal americano partilhou o testemunho de Mykolav.

“Quando os russos chegaram, mataram todos os homens abaixo dos 50 anos. Ele tem 53. Disse-nos isto enquanto tremia, traumatizado. Deram-lhe 20 minutos para enterrar os amigos”, começou por revelar James Longman.

De acordo com o ucraniano, os soldados russos pediam identificação a todos os civis ucranianos que encontravam, obrigando-os a despirem-se para que pudessem ver se estes tinham alguma coisa que os tornassem numa ameaça.

Mykolav terá visto três amigos seus morreram, dois baleados e um atingido por uma granada. Depois de ficarem durante vários dias na rua, os soldados terão dado autorização para os corpos serem enterrados em apenas 20 minutos.

“Vimos sacos com corpos atirados uns em cima de outras vítimas que estavam enroladas em lençóis ou mesmo sem nada”, detalhou James Longman, referindo-se às valas comuns.

Depois da retirada das tropas russas em Busha no início desta semana, foram descobertos mais de 300 vítimas. A Ucrânia acusa a Rússia de cometer um massacre.

Segue a ONFM no Instagram e Facebook


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *