Current track

Title

Artist


Testemunha que iliba Eduardo Cabrita não seguia no mesmo carro que o ministro

Written by on 6 de Dezembro, 2021

motorista que conduzia o carro, no qual Eduardo Cabrita seguia, e que esteve envolvido num atropelamento mortal em junho, foi acusado de homicídio por negligência.

Na acusação é referido que ao lado de Eduardo Cabrita, seguia um elemento de Corpo de Segurança da PSP.

No entanto, Rogério Meleiro, seguia numa segunda viatura da comitiva. Segundo o Jornal I, este alegado erro processual favorece o ex-ministro, uma vez que, segundo as regras protocolares, na ausência do elemento de segurança pessoal dentro do carro, quem manda na viatura é o ministro.

Recorde-se que a acusação do Ministério Público indica que o carro onde seguia o Eduardo Cabrita seguia a 166 quilómetros/hora.

A advogada do motorista que conduzia o veículo já veio informar que está “a pensar seriamente” em pedir a abertura de instrução por “incongruências do inquérito”.

Sandra Santos não indicou quais as “incongruências” a que se refere, apenas acrescentou que existem “acontecimentos do inquérito que não foram devidamente vertidos para o despacho de acusação”.

Na sexta-feira, o Ministério Público (MP) deduziu acusação, requerendo o julgamento por tribunal singular, contra Marco Pontes, motorista do veículo do ministro da Administração Interna, imputando-lhe a prática de um crime de homicídio por negligência e duas contraordenações.

Na passada sexta-feira, depois de ter sido divulgado o despacho de acusação, Eduardo Cabrita anunciou o pedido de demissão de ministro da Administração Interna.

No dia seguinte, Marcelo Rebelo de Sousa deu posse a Francisca Van Dunem como ministra dessa pasta.


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *