Current track

Title

Artist


ÚLTIMA HORA. Esta são as novas medidas contra a covid-19

Written by on 25 de Novembro, 2021

António Costa falou esta tarde ao país depois da reunião de Conselho de Ministros.

“A vacina asseguramos uma proteção superior, mas não estamos tão bem quanto queremos estar”, disse António Costa em relação à primeira medida que vai ser tomada: reforçar o esforço de vacinação com a administração da dose de reforço para pessoas elegíveis (mais de 65 anos)”.

O primeiro-ministro continuou referindo que as primeiras medidas são duas recomendações gerais: sempre que possível, fazer autotestes, “por exemplo antes de nos juntarmos a nossas famílias no Natal e no Ano Novo” e sempre que possível o teletrabalho é recomendável “para evitar um excesso de contactos”.

O Conselho de Ministros aprovou elevar o nível de alerta em que Portugal se encontra neste momento para o nível de calamidade a partir do próximo dia 1 de dezembro “de forma a estar habilitados a adotar as medidas que sejam adequadas ao risco que neste momento vivemos”, frisou António Costa.

Neste sentido, as novas medidas de combate à propagação da covid-19 e controlo da pandemia são:

  • Máscaras obrigatórias em todos os espaços fechados
  • Certificado digital obrigatório no acesso a restaurantes, estabelecimentos turísticos e alojamento local; eventos com lugares marcados e também para a frequência de ginásios
  • Teste negativo obrigatório, mesmo para pessoas vacinadas, no acesso a visitas aos lares, visitas a pacientes internados, grandes eventos sem lugares marcados ou em recintos improvisados e recintos desportivos abertos ou ar livre. Também é exigido teste negativo em discotecas e bares.
  • Testes negativos obrigatório para qualquer entrada em território nacional “seja qual for o ponto de origem e a nacionalidade do passageiro”. Sanções fortemente agravadas para as companhias de aviação que não cumpram estas novas regras, “com uma coima de 20 mil euros por cada passageiros que aterre em território português sem que estejas devidamente testado”.

O primeiro-ministro disse que de 2 a 9 de janeiro, Portugal vai viver uma semana de contenção de contactos. Durante esta semana o teletrabalho é obrigatório, os bares e discotecas têm de estar encerrados e a reabertura do segundo período é adiada para o dia 10 de janeiro.

“Esta semana de contenção visa assegurar que depois de um período que todos sabemos ser um intenção período de intenso contatos familiar evitamos o cruzamento de pessoas de diferentes agregados familiares”, explicou António Costa.


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *