Current track

Title

Artist


Fátima Lopes sem palavras para experiência única que viveu com amigas

Written by on 2 de Agosto, 2021

“Vivi algo tão intenso que não tenho a certeza de conseguir exprimir por palavras (…) cheguei esgotada, mas muito mais leve e feliz”.

Fátima Lopes partilhou, este domingo, nas redes sociais, um momento muito especial que viveu com as suas amigas.

“Agora que passaram quatro dias da chegada da Ilha do Pico, já me sinto mais capaz de falar sobre esta viagem”, começou por escrever.

“Vivi algo tão intenso que não tenho a certeza de conseguir exprimir por palavras. Subir a montanha durante a noite depende, antes de mais, do nosso guia, o querido Carlos, e depois da nossa agilidade, força e capacidade de foco. Falta acrescentar algo fundamental: a força da nossa amizade, minha, da Verónica e da Carol, que se traduziu em companheirismo e entreajuda”, continuou.

“Subimos em silêncio e neste valioso silêncio, sentimos a soberania da natureza. Ela é o verdadeiro poder. Como dizia o nosso guia, ‘a montanha não se compadece com egos'”, notou.

Para a apresentadora, houve um momento que foi verdadeiramente especial. “Quando alcançámos o cume, o ponto mais alto de Portugal, 4h depois de termos iniciado esta jornada, senti uma avalanche de emoções. A gratidão era enorme. O meu coração parecia rebentar de felicidade”, descreveu, acrescentando que “chegar ali com a Verónica e a Carol tinha um significado muito especial. Amo profundamente estas miúdas. Abraçámo-nos emocionadas e vimos o dia nascer.”

Para Fátima, o momento mais difícil foi a partida. “Quando iniciámos a descida, eu não estava preparada para o que tinha pela frente. A descida foi para mim, muito mais violenta”. Sabendo que não poderia desistir, “a única solução era prosseguir e ir buscar força às entranhas, porque às tantas o corpo estava em exaustão total”, conta.

“Quando finalmente avistámos a Casa da Montanha, perto das 13h, tivemos uma descompressão que nos levou a rir e a chorar ao mesmo tempo. Abraçámo-nos, conscientes do quanto a nossa união nos tinha ajudado. Não sabíamos ainda que não éramos as mesmas mulheres”, afirmou.

Para a antiga apresentadora da TVI, “a subida ao Pico provoca uma metamorfose difícil de explicar. O que sei é que a mochila que levei cheia de coisas para libertar, ficou lá. E eu cheguei esgotada, mas muito mais leve e feliz”, concluiu.


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *