Current track

Title

Artist


Patrícia Mamona consegue medalha de Prata e bate recorde nacional duas vezes no mesmo dia

Written by on 1 de Agosto, 2021

Com um primeiro ensaio de 14,91 metros, Patrícia Mamona conseguiu aumentar 25 cm ao seu anterior recorde nacional de 14,66 metros.

Patrícia Mamona conseguiu o segundo lugar na prova de tripo salto na final dos Jogos Olímpicos.

A portuguesa saltou 14,97 metros no sexto e último salto, conseguindo assim a medalha de prata com os 15,01 metros do quarto ensaio.

Yulimar Rojas, venezuelana, levou a medalha de Ouro e conquistou bateu o recorde mundial.

A espanhola Ana Peleteiro conseguiu alcançar o terceiro lugar, levando assim a medalha de bronze.

Note-se que Patrícia Mamona bateu o recorde nacional no mesmo dia por duas vezes. O primeiro recorde nacional conquistado no primeiro e no quarto salto, onde a atleta fixou a marca 15,01.

Recorde-se que Patrícia Mamona garantiu na manhã desta sexta-feira, 30 de julho, a presença na final do triplo salto dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, logo ao primeiro ensaio.

A atleta portuguesa, de 32 anos, só precisou de fazer um dos três ensaios que tinha à sua disposição na qualificação para superar a marca mínima exigida para a qualificação direta para a final olímpica do triplo salto em atletismo.

A marca mínima para apuramento era de 14,40 metros e Patrícia alcançou a marca de 14,54 metros.

Mamona registou, até ao momento, a segunda melhor marca da qualificação do Grupo B, ficando atrás dos 14.60 metros de Thea Lafond, da Dominca.

A saltadora do Sporting cumpre a terceira presença olímpica, depois do sexto lugar no Rio2016 e do 13.º posto em Londres2012.

Fotografia: Ina FASSBENDER / AFP


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *