Current track

Title

Artist


Mulher condenada por matar filha é detida por voltar a maltratar outro bebé

Written by on 22 de Julho, 2021

Os pais levaram o bebé de três meses ao hospital, em Málaga, alegando que se tratava de um acidente, mas o médico detetou “sinais óbvios de abuso”.

Um casal foi detido em Málaga, Espanha, por suspeita de maus tratos a bebé de três meses que deu entrada no hospital com fraturas nas pernas.

Ao que tudo indica, o pai, de 47 anos, que já se encontra em liberdade, no passado dia 11, levou o bebé ao Hospital Materno-Infantil de Málaga onde afirmou que a criança tinha escorregado por acidente enquanto estava ao seu colo.

O caso acabou por chegar à Polícia Nacional, uma vez que o médico que ficou responsável pelo casou notou que havia “sinais óbvios de abuso”.

Depois de ter reportado a situação às autoridades, foi aberta uma investigação.

Ao serem interrogados individualmente, o casal deu explicações contraditórias e que não correspondiam com os ferimentos do bebé.

O El País avança que, segundo a investigação, apurou-se que a criança dormia amarrada a um carrinho e a comida que lhe era dada “não condizia com sua idade”.

A mulher e mãe da vítima, de 25 anos, já tinha sido detida anteriormente por razões semelhantes.

Foi no final de 2016 que a mulher e o companheiro que tinha na altura foram detidos pela morte da filha, também de três meses.

Devido a “desnutrição severa”, a bebé acabou por falecer. Além disso, a investigação permitiu ainda apurar que a criança tinha um ferimento na cabeça devido a uma queda.

Inicialmente condenados a uma pena de 20 anos de prisão, um anos depois, o Tribunal Superior de Justiça da Andaluzia voltou atrás na decisão e reduziu a pena para quatro anos, por considerar que a morte ocorreu por homicídio por negligência.

Fonte: Notícias ao Minuto


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *