Current track

Title

Artist


Luís Filipe Vieira deixará SAD do Benfica após 30 dias de suspensão

Written by on 14 de Julho, 2021

Depois de 30 dias de suspensão, o Conselho Fiscal da SAD do Benfica vai cessar as funções de Luís Filipe Vieira na presidência do clube.

O Conselho Fiscal do Benfica, em comunicado, revelou à administração da SAD, agora comandada por Rui Costa, que as medidas de coação aplicadas a Vieira, “em especial a proibição de contactar com os demais” administradores, “resulta na impossibilidade de exercer funções como membro do órgão de administração”.

O órgão fiscalizador “declarará, nos termos previstos no artigo 401.º do Código das Sociedades Comerciais, o termo das funções do Sr. Luís Filipe Vieira como membro do Conselho de Administração no prazo de 30 dias, salvo se, entretanto, o Sr. Luís Filipe Vieira deixar de exercer o referido cargo ou a causa de impossibilidade de exercício desse cargo cessar”.

“O Conselho Fiscal salientou ainda que esta sua decisão é tomada ponderando os interesses da Benfica SAD e a necessidade de transmitir, com clareza e transparência a todos os ‘stakeholders’ da Benfica SAD, informação acerca da composição e do funcionamento do Conselho de Administração”, pode ler-se no mesmo comunicado.

É ainda mencionado pela SAD benfiquista a colaboração com as autoridades no processo judicial que envolver Vieira.

“Relativamente ao alegado desvio de 2,5 milhões de euros pelo Sr. Luís Filipe Vieira da Benfica SAD para proveito próprio, a Benfica SAD está a cooperar com as autoridades competentes, prestando as informações que lhe foram solicitadas e diligenciando no sentido de apurar os factos relevantes para, conforme previsto na lei, aferir o cumprimento dos deveres legais e contratuais por parte do Sr. Luís Filipe Vieira enquanto membro do Conselho de Administração”.

No que diz respeito a “uma possível aquisição de uma participação qualificada de 25% no capital social da Benfica SAD” por parte do norte-americano John Textor, até 15 de setembro, a sociedade ‘encarnada’ esclarece que José António dos Santos e as suas empresas detém um total de 23,1061% das ações, o que salvaguarda o direito de preferência sobre as ações de Vieira.

“Adicionalmente, esclarece-se que, através de uma carta com data de 11 de setembro de 2020, o Sr. Luís Filipe Vieira, titular ações representativas de 3,28% do capital social da Benfica SAD cujos inerentes direitos de voto são imputáveis ao Sport Lisboa e Benfica, concedeu ao Sport Lisboa e Benfica um direito de preferência na aquisição daquelas ações caso decida transmiti-las a terceiro”, refere a SAD.

Fonte: Agência Lusa


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *