Current track

Title

Artist


Lisboa, Porto, Almada e Coimbra fora da lista de maior risco de contágio de Covid-19

Written by on 5 de Janeiro, 2021

A incidência baixou em mais de metade dos concelhos do país, entre 14 e 27 de dezembro.

Os concelhos de Lisboa, Porto, Coimbra, Almada, Maia, Matosinhos e Vila Nova de Gaia deixaram os escalões de risco muito elevado e extremo, segundo a incidência de novos casos verificada entre 14 e 27 de dezembro e revelada esta segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Comparando com os dados de 20 de dezembro, a incidência da Covid-19 caiu em 165 dos 308 municípios portugueses, subiu em 124 e não sofreu alterações em 19.

O número de concelhos em risco muito elevado e extremo [os dois escalões de risco mais grave e que implicam recolher obrigatório entre as 23 e as 5 horas] desceu de 116 para 100.

Os dados agora revelados não têm, contudo, ainda qualquer impacto nas medidas que estão em vigor até dia 7 de janeiro.

A nova lista com os escalões que ocuparão cada concelho a partir de 8 de janeiro [dia em que entra em vigor o próximo estado de emergência] deverá ser divulgada já amanhã, quarta-feira.

Essa nova lista, ditada pela incidência da pandemia entre 21 de dezembro e 3 de janeiro, deverá sofrer grandes alterações devido ao aumento de infeções após a época festiva como já é, de resto, visível nos dados epidemiológicos desta semana.

Já com base nos dados anunciados esta segunda-feira pela DGS, os concelhos com maior incidência situam-se no Alentejo. A lista é liderada pelo município de Mourão, com 3388 casos por 100 mil habitantes. Seguem-se os concelhos de Mora, com 2682 casos, Vidigueira (1942), Nisa (1815) e Viana do Alentejo (1613).

Nestes municípios de dimensão reduzida, o aparecimento de surtos em lares foi o suficiente para fazer disparar a incidência da Covid-19.

Fonte: Correio da Manhã.


Reader's opinions