Current track

Title

Artist


Sabias que hoje assinala-se o Dia Mundial da Dermatite Atópica?

Written by on 14 de Setembro, 2020

A 14 de setembro celebra-se o Dia Internacional da Dermatite Atópica, uma doença crónica e com grande impacto na qualidade de vida dos doentes.

No âmbito da celebração, nasceu a Associação Dermatite Atópica Portugal (ADERMAP). Como principal objetivo, o grupo de doentes e familiares quer sensibilizar para a doença e promover a partilha de experiências.

ADERMAP: primeira associação dedicada aos desafios da DA

A associação sem fins lucrativos, a primeira em Portugal, assume-se como um meio para defender os interesses e direitos dos doentes. Também espera aproximar a comunidade de DA e promover a troca de experiências e a investigação.

ADERMAP foi também criada com o propósito de estabelecer parcerias com organizações relevantes, como sociedades médicas, outras associações de doentes e profissionais de saúde.

A associação é presidida por Joana Camilo, também ela um testemunho de vida com DA.

Dermatite Atópica o que é?

A dermatite atópica (DA), ou eczema atópico, é uma doença crónica, imunomediada e atualmente incurável, determinada por fatores genéticos e ambientais, com um impacto muito relevante na qualidade de vida dos doentes. Estima-se que afete entre 10 a 20% das crianças e entre 1 a 3% dos adultos em todo o mundo.

Além de ser uma patologia multifatorial complexa, as causas não estão ainda totalmente estudadas. Vermelhidão, edema (inchaço), prurido (comichão), xerose (secura cutânea), fissuras, lesões descamativas, crostas e exsudação são alguns dos sintomas físicos associados, que surgem a par de outros de cariz psicológico, tais como ansiedade e depressão. As pessoas que vivem com DA sofrem ainda de comorbilidades associadas, como asma, rinite alérgica e alergias alimentares.

As terapêuticas mais utilizadas tratam apenas os sintomas e não a doença em si, restaurando a barreira da pele, minimizando o agravamento da doença, reduzindo o seu grau e duração e diminuindo o surgimento de crises.

Como prevenir?

Não existindo uma causa conhecida, não se pode prevenir a dermatite atópica, mas é é importante é adotar medidas que protejam a pele, que reduzam a secura e que a mantenham mais saudável:

  • O banho deve ser diário, rápido e com água morna. A secagem deve ser feita sem esfregar a cútis e deve ser imediatamente aplicado um creme para favorecer a hidratação e manter a sua função de barreira;
  • Convém reforçar que uma pele seca causa mais prurido, agravando o ciclo da dermatite atópica;
  • As unhas devem estar sempre bem cortadas e limpas para evitar as infeções microbianas secundárias ao ato de coçar;
  • O suor tende a agravar a dermatite atópica e, por esse motivo, é recomendável tomar banho após a prática de desporto;
  • As roupas que contactam diretamente com a pele, incluindo os lençóis, devem ser de fibras naturais, como o algodão. É recomendável que sejam bem enxaguadas de modo a remover restos de detergente, que frequentemente agravam a doença;
  • O calçado deve ser de couro e as meias de algodão, de modo a permitir um bom arejamento;
  • O excesso de calor e as mudanças bruscas de temperatura podem ser fatores de agravamento. Assim, os quartos devem ser bem arejados e os aquecedores evitados. Deve-se limitar o uso excessivo de cobertores na cama para evitar a transpiração;
  • Os ácaros e o pó também intervém na dermatite atópica, pelo que se deve remover tapetes, alcatifas, cortinas, peluches e tudo aquilo que pode levar à retenção desta subespécie de aracnídeos nos quartos.
Impacto da doença na vida dos doentes

Impacto da doença no dia a dia

Para celebrar o Dia Mundial da Dermatite Atópica (DA), serão lançados publicamente os resultados do primeiro estudo sobre o “Impacto Social e Económico da Dermatite Atópica em Portugal”.

Este estudo é resultado de uma parceria entre a NOVA IMS, a ADERMAP – Associação Dermatite Atópica Portugal e a Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV), com o apoio da SANOFI.

Pode assistir ao evento transmitido por webstreaming em http://www.dermatiteatopica.site/, sem necessidade de inscrição prévia.

Fontes: Vital Health, ADERMAP e CUF.


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *